quinta-feira, 28 de maio de 2009

Ditadura!

Esse é mais um dos textos que venho pensando em fazer há algum tempo e que só agora tá saindo do mundo das idéias para se materializar. É que há uns dias, ou meses, eu ouvi o grande cantor Zeca Baleiro falar que a gente vive uma ditadura dos nutricionistas e dos psicólogos. E não é verdade?
Uns dias após ele ter dito a bendita frase, no último natal, eu vi uma matéria na qual a nutricionista visitava a casa dos cidadãos para analisar a quantidade de gordura e de calorias que a ceia de natal tinha. Agora eu me pergunto: quem é o cidadão que vai ficar analisando essas quantidades em plena ceia de natal? Outra coisa: o diretor da dita matéria não pensou no ridículo que é chamar um nutricionista para ficar olhando as pessoas comerem, em pleno natal? Esse nutricionista não tem família?
O fato é que a gente, hoje em dia, vive cercado pelo "não coma aquilo"; "não coma isso"; "isto engorda". Enquanto o mundo me diz que eu vou vivendo errado, comendo besteira e propenso a morrer cedo, eu vou comendo e bebendo aquilo que me dá prazer, aquilo que me faz bem. Afinal de contas, onde é que mora o prazer, nutricionistas de plantão?
Mesmo caso é o dos psicólogos. Hoje em dia, tudo tem uma justificativa psicológica, ou "freudiana". Casos de estupros, de crimes hediondos e todo tipo de coisa absurda e bizarra que vejamos, acaba tendo uma explicação que diminui a culpa daqueles que cometem crimes. No caso da Eloá, lá em São Paulo, todas as emissoras de televisão chamavam um psicólogo para falar sobre o "amor que ele sentia por ela". Tenha santa paciência!
Nada contra esses profissionais, mas tudo contra os exageros. Tudo contra ditaduras, tudo a favor da liberdade!

5 comentários:

Priscila Ferraz disse...

De fato, uma boa observação (sua e de Zeca Baleiro). Pena que o que comemos e bebemos e que nos dá prazer, não é bem aquilo que nos faz bem, na maioria das vezes [não que isso interfira na minha concepção de priorizar o prazer, mas...].

p.s.: "Tudo a favor da liberdade" não seria um exagero?

p.s.2: e, afinal, qual seria o porque do estar abismado com o texto? Fiquei curiosa, moço.

Marcel disse...

Zeca Baleiro cada vez mais pertinente. Eu acrescento à essa ditadura também várias outras, das quais não me lembro bem agora.
Quando não são amarras, são catracas. O fato é que de uma forma de outra essas ditaduras interrompem ou atrasam minha vida.

Nomundodalua disse...

Ok, tbm concordo sobre a questão da ditadura e acredito que ela vah bem mais além do que vc mencionou e a grande questão (pra mim) e que vc tocou é o exagero.. e isso faz tempo que a gente sabe! Mas as pessoas (e em alguns casos eu me incluo) não ligam muito desde que tenha audiência,lucro, ou seja lá o que for..se explora tudo que for possivel, nem se o minimo respeito..

ps: psicologia nao se resume a freud e a analises do comportamento do individuo Oo mas por ignorar certos aspectos ou mesmo desconhecer e pela falta de noção de alguns profissionais (pra usar de eufemismo), a profissão eh vista da forma que eh.. uma pena :/

Leo Bulhões disse...

Massa o texto! Pô, deixa q a ceia de natal da nutricionista deve ter sido paga pela emissora! uahuahuauh

Mudando de assunto. Olha só, me manda o email q tu quer pra receber as coisas do BOTECO e uma foto legal pra que eu faça uma apresentação. Me manda um currículo básico de coisas que tu acha interessante eu colocar na tua apresentação. O resto deixa comigo! ;)

Abração líder!!!

Henrique Hemidio disse...

o lance dos nutricionista eu realmente já havia percebido


eles estão dominando a mídia
é só ligar a tv q pula um nutricionista